dezembro 12, 2011

LTF- Liberação Tecidual Funcional

A Técnica de LTF (Liberação Tecidual Funcional) foi desenvolvida com bases nas técnicas de terapias manuais da Fisioterapia para tratamento específico de fibroses e aderências decorrentes de traumas teciduais como as cirurgias plásticas.
As células do nosso corpo são banhadas por um líquido claro e transparente denominado fluído intersticial, com o qual estabelecem trocas. O fluido intersticial é um componente importante na micro circulação entre o sangue e os vasos linfáticos e está aumentado durante o processo de reparo tecidual (cicatrização).
É por isso que a manutenção funcional da mobilidade tecidual é importante, uma vez que, a presença de tecido cicatricial altera a função normal dos tecidos comprometendo drasticamente seu metabolismo. Muitas vezes, o edema fica retido pela falta de mobilidade entre os tecidos, sendo assim, é necessário reorganizar todo o tecido cicatricial.
As manobras de Liberação Tecidual Funcional (LTF) provocam um tensionamento contínuo e prolongado, “organizando” a deposição do colágeno, além de tornar o tecido mais elástico e sem retrações, o que previne e trata as fibroses e aderências.

Ex:                                              Fibrose Pós Cirurgia de Lipoaspiração.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário